COMO FULLMETAL ALCHEMIST ME AJUDOU NA ESCOLHA DA MINHA FACULDADE

Fala, nerd! Bem, acho que todo adolescente entre 16 e 19 anos vive uma crise existencial quando o assunto é escolher a faculdade e o curso. Claro que comigo não foi diferente. Eu me vi cercada de opções e, em meio a tanta indecisão, acabei adiando ao máximo a decisão. Foi quando eu comecei a refletir sobre as coisas que eu gostava de fazer, as coisas em que eu era boa e aquilo que me faria feliz. 

Nesse período eu estava assistindo os últimos episódios de Fullmetal Alchemist e estava sempre fascinada pela história, especialmente pela robótica sempre presente no desenho. Os automails (próteses robóticas) de Edward, um dos personagens principais, haviam sido desenvolvidos por sua amiga Winry. A personagem amava muito o que fazia e era extremamente talentosa. As próteses de Edward permitiram que ele lutasse e fosse em busca de seu objetivo. Além disso, elas lhe renderam um codinome: o “Alquimista de Aço”; codinome pelo qual ele é chamado ao longo de toda a trama.

Braço mecânico de Edward.
Braço mecânico de Edward. Fonte: Internet.

Na vida real, muitas pessoas também são dependentes da tecnologia para realizarem até as mais simples atividades do dia-a-dia. Partindo disso, decidi pesquisar sobre quais cursos me permitiriam colaborar no desenvolvimento dessas tecnologias. Após algumas buscas cheguei na ementa da Engenharia Elétrica e optei por esse curso, pois além de poder ajudar as pessoas com alguma necessidade física, ainda terei um leque de outras possibilidades. Hoje reconheço o quanto Fullmetal Alchemist foi importante para a decisão da minha carreira, principalmente pela forma com que as personagens femininas são retratadas na animação.

Personagem Winry fazendo a manutenção das próteses de Edward
A personagem Winry fazendo a manutenção das próteses de Edward. Fonte: Internet.

Pois é gente, e foi assim que Fullmetal Alchemist me ajudou na escolha da minha graduação (risos). E você, tem alguma história parecida? Conta pra gente nos comentários. Até a próxima!